Vida de Mamãe Moderna Gravidez
12
mar/2021
Como Evitar a Azia na Gravidez?

Azia na Gravidez

Uma coisa que persegue as futuras mamães são as azias na gravidez. Aquela queimação que sobe rasgando a garganta, você está gravida? Sabe do que estou falando, não é mesmo? Então hoje venho com esse post de como evitar a Azia na Gravidez com métodos naturais.

O que pode comer/beber que não faz mal?

  • Chupar Sorvete de Limão
  • Comer Maça Vermelha
  • Comer pedacinhos de Cenoura Crua
  • Comer Bolacha de Água e Sal
  • Comer Folhas de Manjericão
  • Beber bebidas fermentadas como Yakult
  • Beber muita água

Dica Extra: Dormir do Lado Esquerdo evita a Azia na Gravidez, a entrada do estômago fica do lado direito. Assim, se você dormir sobre esse lado, haverá maior chance de ácido subir pelo seu esôfago. Super funcionou comigo até umas 28 semanas, depois disso, como minha barriga estava super grande, já não resolvia mais, porém, pode apostar nessa dica até o início do terceiro trimestre.

Essa dica te ajudou? não deixe de compartilhar com as futuras mamães ou uma gravidinha desesperada.

Espero que gostem das dicas.

Beijos
Kah

 



10
mar/2020
Diário de Gravidez: Estou Grávida

Oieee Gente,

Aquela correria de sempre né, não contei para vocês aqui do Blog {estou grávida}, oficialmente mãe de dois, que medo. Mas estava querendo contar os detalhes dessa descoberta e aqui é o melhor caminho.

Vou contar direitinho como foi que descobri a gravidez, se estava tentando, há quanto tempo estava e como contei ao Bruno. Portanto, lá vai textão, estão preparadas?

Como tudo começou…

Parei de tomar meu anticoncepcional em Abril de 2019, não queria mais tomar por causa da libido que andava baixa e já estava adiando há muito tempo essa parada, se falar que estava preparada para engravidar novamente, nem sei te dar a resposta, acho que nunca estamos e tomei a decisão, se tiver que ser, será.

Conversei com o Bruno que na época não estava mais tão animado como antes, mas ele também concordou que se Deus quisesse mandar, iríamos ficar muito felizes. Sabia que a decisão tinha que ser naquele momento, não queria engravidar com 40 anos, hoje estou com 38.

App que estava utilizando

Eu tenho um app no celular chamado P Tracker, ele é um calendário muito bacana para nós mulheres, marca tudo e traz histórico do nosso período menstrual, fértil e tudo mais. Estava usando ele pra saber se estava com a menstruação em dia ou não e como estava a minha ovulação

Como estava tomando direto anticoncepcional, não sabia se estava tudo em dia ou não.

Quanto tempo levei para engravidar?

Levei exatamente 7 meses para engravidar, não estava ansiosa e não estava contando certinho o período fértil, mas sempre dava olha olhadinha quando sentia que entrava no período e estava certinho, no fundo, sabemos quando estamos em nosso período, eu pelo menos sempre sei.

Engravidei em Novembro e falo pra vcs, quanto menos esperamos vem, porque estava com viagem marcada e naquele mês reformamos o quarto, enfim, foi 1 vez no meu período fértil certeiro, então sei exatamente o dia que foi.

Mas Kah, demora o segundo filho né? sim gente, engravidei da Sophia no primeiro mês que parei o anticoncepcional, mas cada corpo age de uma forma e sabia que não seria no primeiro mês, podemos demorar pra voltar a ovular e tudo mais.

Como descobri a Gravidez?

Eu tinha uma viagem marcada para Dezembro, no dia 12, uma quinta-feira e olhei que a minha menstruação viria no dia 10, na terça. Mas como meu fluxo estava super certinho, sempre vem de 1 a 2 dias antes e confesso, estava ansiosa pra vir logo para que terminasse no dia da viagem (meu fluxo leva 4 dias mais ou menos) e como era uma viagem para a praia, não queria estar naqueles dias por lá.

E vocês sabem né, quando ficamos ansiosas, desrregula tudo e eu não queria. Na Segunda-feira dia 09/12 foi tão corrido que nem lembrei de nada e na terça dia 10/12, lembrei da danada era quase na hora do almoço e logo pensei: ferrou né! vai vir bem no dia da minha viagem, na quinta-feira, pq estou ansiosa e essas coisas sempre acontece comigo.

Foi aí que tive a brilhante ideia de fazer um teste de gravidez, não sei vocês, mas comigo é batata. É fazer o exame que desce no mesmo dia.

Desde que parei com o anticoncepcional eu não fiz nenhum teste de gravidez, acreditam nisso? E resolvi fazer não por achar que estava grávida e sim para descer logo e não atrapalhar minha praia, rss.

Enfim, deixei a Sophia na escola, comprei o teste e logo fui fazer para acabar logo com isso e não sei porque diabos eu comprei aquele ClearBlue basiquinho. Deveria ter comprado aquele mais simples ainda que seria mais fácil, rss.

Fiz o teste e por ser esse da Clearblue, não vem 1 ou 2 tracinhos, ele vem um – ou um + e quando fiz na hora deu um + bem fraco e confesso, meu coração saltou.

Mandei pra minha cunhada Monica e falei, acabei de fazer, isso é um positivo né? Ela respondeu: acho que sim, não sei que exame é esse. faz outro.

Voltei para a farmácia e comprei outro ClearBlue, mas dessa vez aquele mega caro que vem escrito Grávida ou não, assim não tem erro. (PS. o moço do caixa que foi o mesmo que me vendeu o primeiro, soltou um: ahhh vai confirmar a gravidez né? eu fiquei vermelha)

Voltei pra casa e adivinhem? não tinha vontade de fazer xixi, kkkk. Minha cunhada falando, bebe água, anda aí, faz logo esse xixi. esperei uma meia hora e fiz o teste. Positivo. Estava grávida, chorei sozinha em casa.

Como contei para o Bruno?

Ele estava viajando a trabalho e iríamos nos encontrar em Aracaju apenas, ele não estava em casa, confesso que queria ligar na hora, mas respirei fundo e falei: vou contar só pessoalmente na sexta-feira (detalhe, era terça-feira ainda, ia surtar até lá, sim ou não?)

No dia seguinte, fui fazer um exame de Beta HCG e mandei para a minha GO que na hora ja me deu o parabéns, dei muuuuita sorte, pq peguei muito cedo a gravidez.

Vou fazer outro post pra falar sobre o que pensei, minhas preocupações, como contamos para a Soso e tudo mais.

Fiz um embrulho super lindo para o Bruno com o teste de farmácia e o Beta HCG e entreguei pessoalmente quando ele chegou em Aracaju, rsss. Ele só olhou e falou: o que é isso? como se não soubesse, kkkk. Foi lindo gente. A Ficha só vou cair mesmo para o Bruno no dia seguinte. Mas ficamos tão, mas tão felizes. Oficialmente pais de dois.

E foi assim que tudo começou novamente em minha vida. Descobri a Gravidez com 4 semanas, muuuito cedo gente. Foi realmente uma sorte muito grande e tudo por causa da viagem, senão, com certeza iria esperar muuuuito mais.

Só uma coisa eu fiquei chateada, a viagem era para um Resort All Inclusive, estava tão empolgada, falei: vou beber, relaxar, kkkk. Mas isso é só detalhe né gente. Fiquei quietinha e o sono estava pegando viu. kkkk

Beijinhos e até o próximo Diário de Gravidez.

Kah

 

 



1
jul/2019
Presentes nada básicos para uma amiga grávida

Sempre temos alguma amiga que está grávida ou que anunciou a gravidez, não é mesmo? E quando alguém me pergunta se tenho roupinha para bebê, sempre falo: porque não foge do básico? Foi aí que veio a ideia desse post e pensei em alguns presentes nada básicos para uma amiga grávida.

Eu sei o quanto são fofas as roupinhas de bebê, queremos tuuudo e também queremos agradar a futura mamãe, mas sabia que existem presentes simples, muito mais usuais e que as mamães futuramente vão te agradecer muito de ter ganhado?

Portanto, vamos sair dos pacotinhos de fraldas ou aquelas roupinhas brancas e sem graça e vamos apostar em presentes nada básicos para uma amiga grávida.

Resolvi fazer uma lista para facilitar, vamos lá?

  • Pomada para assadura: Vocês sabem a quantidade de pomada que um bebê usa? são tubos e mais tubos e a mamãe gasta um bom dinheiro com isso, portanto, pomada para assadura sempre são bem vindas, pode apostar em pomadas preventivas ou de tratamento, sugiro apostar em marcas boas como Desitin e A+D, a mamãe vai amar o presente.
  • Lenço Umedecido: Os famosos lencinhos umedecidos são usados como água, sugestão para facilitar a vida da mamãe, aposte em lencinhos sem cheiros (neutros) mais utilizados no início, principalmente se a mamãe for de primeira viagem.
  • Colic Calm: O Colic Calm é um medicamento homeopático, 100% natural para ajudar na cólica do bebê, a mamãe nunca compra antes e no desespero na hora da cólica entra em pânico, então, esse é um super presente para uma mamãe grávida. Ela irá te agradecer muito futuramente.
  • Lansinoh – pomada para rachadura dos seios: A Lanolina ainda é o melhor produto para os seios, toda mamãe precisa ter uma, independente se terá ou não leite, o processo inicial é difícil e muitas vezes doloroso, é um item indispensável e receber de presente é realmente gratificante.
  • Mustela – creme para estrias: Um item que uma mamãe grávida vai usar muuuuito são cremes para estrias ou hidratantes. Gravidas usam cremes como água e sabemos que não é tão barato, portanto, sua amigona está grávida? aposte em cremes bacanas, como o Mustela, ela irá amar o presente e te agradecer muito.
  • Johnson’s Baby Vapor Bath: Deve estar pensando: mas que raios é isso? Simples e super conhecido pelas mamães, o Soothing Vapor Bath é uma espuma de banho enriquecida com eucalipto e mentol que proporciona conforto aos sintomas desagradáveis da gripe e ainda ajuda a desentupir o narizinho do bebê. Não é encontrado no Brasil, portanto, nem preciso dizer que a mamãe vai pular de alegria ao receber.

Vou fazer um outro post de presentes que não devemos dar na gravidez, porém se tiver que passar uma dica só, não dê presentes que a mãe ou bebê irá usar anos e mais anos depois, nada mais over do que guardar um presente por anos e esquecer até mesmo de usar, não é mesmo?

E aí, gostaram do post? espero que sim, deixe seu comentário e sugestão aqui.

Muitos dos presentes acima citados podem ser encontrados na Gatini, uma loja especializada em presentes para mamães e bebês.

beijinhos,

Kah



26
jul/2018
Gravidez x Exercícios

Mamães, hoje vamos falar de exercícios na gravidez, ja foi um tabu no passado, mas hoje vemos o quanto é importante mantermos a saúde, principalmente nessa fase tão importante da vida. E para isso, a fisioterapeuta e especialista em osteopatia, Debora Ucha, fala um pouco sobre os benefícios dos exercícios.

Gravidez x Exercícios

Não é de hoje que a gravidez deixou de ser sinônimo de repouso. E agora, estar com um barrigão não é mais desculpa para pausar a rotina de exercícios e muito menos, para deixar de lado a vontade de iniciar novas atividades, mesmo que seja em uma intensidade moderada.

A orientação para a realização de atividades físicas durante a gestação é indicada pelo American College of Obstetricians and Gynecologists (ACOG) desde a década de 1990. Mas, só em 2002 essa prática foi indicada para gestantes e confirmada no guideline da Sociedade Brasileira de Medicina do Esporte.

Realizar atividades físicas traz inúmeros benefícios para a saúde do corpo e da mente e, no caso das gestantes, as vantagens vão desde a redução de riscos durante a gravidez, até na inibição de casos de diabete, dores nas costas, diminuição de tensão durante o dia e melhora da respiração.

“A prática da atividade física é segura e necessária, desde que seja com regularidade e moderação. Mesmo assim os exercícios são indicados tanto para o início da gestação, quando o corpo da mulher ainda está se adaptando para acolher o bebê, durante a gravidez, e, também, no momento do pós-parto, afinal, durante todo esse período os hormônios e o próprio corpo da mãe estão em transformação”, explica a fisioterapeuta e especialista em osteopatia, Débora Ucha.

A realização de atividades físicas deve ter uma regularidade de 3 a 5 vezes na semana e entre os exercícios indicados estão os aeróbicos (como caminhadas e atividades aquáticas), de força e resistência (musculação e o pilates) e o alongamento e relaxamento, através da dança ou ioga, por exemplo.

“Mesmo que a atividade física seja essencial, é necessário que a gestante tenha um acompanhamento de um especialista, no caso das grávidas saudáveis os exercícios são altamente recomendados, mas para as que não mantém um corpo tão ativo, é necessário iniciar de forma lenta e com mais atenção, principalmente no primeiro trimestre”, recomenda Débora.

Além disso, a especialista também afirma que a própria gestante deve avaliar questões sobre vestimenta, conforto no exercício, temperatura do clima e do corpo além de não esquecer, em nenhum momento, de se hidratar durante as atividades.

PARA O BEBÊ

Os benefícios de realizar atividades físicas se estendem também para a saúde do bebê, que por sua vez, podem ter uma qualidade de vida melhor, através de ações da mãe. “Os atos de uma gestante refletem em estímulos para o bebê, seja através de sentimentos, de alimentos e também de ações, como é o caso do exercício físico, por isso que, neste caso, o exercício pode chegar a fazer bem até para o bebê”, detalha a especialista.

Entre as vantagens para ele estão o aumento da circulação sanguínea, desenvolvimento do feto, melhora no sistema cardiovascular, além de ajudar no momento da passagem dele, na hora do parto.

E DEPOIS?

Mesmo depois de ter concebido o seu bebê, é natural que a mulher se sinta mais cansada, estressada e até desconfortável com atividades do dia-a-dia, como caminhar e dormir. Por isso, os exercícios físicos devem acompanhar a mãe neste momento, pois ele vai atuar diretamente na recomposição do corpo e da energia, além de melhorar a postura, minimizar dores e melhorar a autoestima.

“O exercício físico deve acompanhar a pessoa por toda a vida na verdade, mas para a gestante esse é um momento importante, então a minha dica para elas é que se cuidem, que entendam os limites e as necessidades do corpo delas. E para quem está nesse momento de pós-parto, que busque novamente o exercício, seja o pilates, a hidroginástica, uma caminhada ou também, dança ou ioga, afinal, é necessário sempre se manter em equilíbrio”, finaliza Débora.

E aí, gostaram da matéria? achei muito legal em compartilhar com vocês. Mas lembrem-se, é muito importante o acompanhamento do seu GO em toda fase e somente procurar algo com a liberação dele. A saúde sempre em primeiro lugar.

Beijinhos,
Kah



5 dicas de sucos para bebês
Carrinho Quinny Buzz
O brinco do bebê
Dicas para lembrancinhas de aniversário
Tendência de nomes de bebês para 2017