Porque Eu Matei Minha Família?

O documentário “Por que Matei minha Família” é uma das estreias recentes da Netflix que aborda um crime impressionante ocorrido nos anos 80. De origem israelense, a minissérie aborda o caso por um viés investigativo onde explora depoimentos de pessoas que estiveram envolvidas na época em que o crime aconteceu.

Por que eu matei minha família?

Por que Matei Minha Família?: um banho de água fria

A premissa é muito chocante. Em Jerusalém, na madrugada do dia 22 de fevereiro de 1986, Nissim Cohen, de 44 anos, sua esposa, de 40, e duas filhas, de 19 e 18, foram assassinados à queima-roupa com tiros de um rifle M-16.

Por que Matei Minha Família nome do jovem?

Na época, o jovem, que hoje em dia já é um homem de meia-idade, nunca teve seu nome divulgado. Um internauta escreveu no Twitter: “Alguém pode me dizer o nome do menino israelense de 14 anos, que matou toda a sua família, de Por que Matei Minha Família?, da Netflix? Por que seu nome foi escondido do público?”

O que aconteceu com o menino que matou a família em Jerusalém?

Hoje em dia ele tem uma mulher e filhos. De acordo com os relatos, ele também ocupou um cargo sénior no setor financeiro durante anos, mas foi despedido quando o seu passado voltou a aparecer com esta série da Netflix.

Por que Matei Minha Família online?

Por que Matei Minha Família é um documentário israelense sobre crimes reais original da Netflix, produzido e dirigido por Tali Shemesh e Asaf Sudry. Quatro episódios foram encomendados para a primeira temporada que estreou em 28 de outubro de 2021 na Netflix.

You might be interested:  Terço Família Que Reza Unida Permanece Unida?

Como anda o caso Pesseghini?

A Polícia Civil, o Ministério Público e o Tribunal de Justiça de São Paulo concluíram que Marcelinho foi o assassino. Na época do crime 83% dos paulistas não acreditavam na versão oficial dada pela polícia. A Polícia Militar continuou investigando o caso, mesmo após a conclusão dada pelos demais órgãos.