Vida de Mamãe Moderna escola Archives - Vida de Mamãe Moderna
30
jan/2017
12 dicas para se ter uma boa adaptação escolar

Chegou ao fim as férias escolares, dando início a mais um ano letivo. Sabemos que a adaptação escolar não é tão fácil nos primeiros dias e a ajuda das mamães e família é essencial nesse período.

Os primeiros dias de aula estão, certamente, entre os mais importantes de todo o ano letivo.

É durante a adaptação escolar que os alunos conhecem os novos professores, colegas e começam a se adaptar à nova série e, muito deles, também à nova escola.

O início

É comum neste início, no momento de entrada e separação dos pais, que a criança se expresse por meio de um chorinho.

O choro, porém não significa que ela não queria ficar na escola. Dorzinha de barriga e manhas são esperadas.

Para que esse momento de adaptação aconteça de forma tranquila, é importante a parceria entre a escola e família.

Para ajudá-las nessa fase, segue abaixo 12 dicas para se ter uma boa adaptação escolar.

Dicas para Adaptação Escolar

1. A vinda da criança deve ser preparada, entretanto sem longas explicações.

2. Ajude-o(a) a escolher a mochila, uniforme e outros.

3. Organize em casa um espaço para guardar pertences da escola.

4. Converse sobre a escola de maneira tranquila, sem demonstrar ansiedade.

5. Diga sempre palavras que demonstrem segurança e alegria por estar na escola.

6. É importante explicar o que está acontecendo: que vai para a escola, que terá professores, amiguinhos, atividades e espaços novos.

7. Procure colocá-lo no chão incentivando-o a vir para escola; ou, entregue-o no colo da educadora com firmeza e segurança

8. No momento de separação, diga que virá buscá-lo(a) ao final do dia.

9. Procure retirar-se do campo de visão do seu filho e das demais crianças, pois essas poderão também querer ver suas mamães.

10. Ao vir buscá-lo, procure ouvir mais do que fazer perguntas. Sentir confiança na escola é imprescindível.

11. Durante esse período, procure não alterar a rotina da casa e da criança, como por exemplo, mudança de quarto, tirar a fralda ou a chupeta.

12. Utilize a agenda como aliada nesse período e sempre sinalize para a escola mudanças significativas, como por exemplo, troca de residência, perda de animalzinho de estimação, etc.

Durante a Adaptação Escolar

A criança poderá entrar bem e não chorar, mas depois de alguns dias poderá não querer entrar na escola, pois a curiosidade inicial foi saciada e começa a sentir de maneira mais intensa a separação dos pais.

Após finais de semana e feriados são esperadas algumas “recaídas”, o que é normal, Aqui em casa sempre rola um chorinho pós feriado.

As crianças crescem, amadurecem e precisam de novas experiências com outros da mesma idade.

Essa experiência, não traumatiza. Todos superam e certamente no futuro não se lembram desses primeiros dias na escola.

É isso mamães, espero ter contribuído para ajudá-las durante esse processo. Me contem se deu tudo certo por aí.

Um grande beijo,
Kah



3
out/2016
Especial Dia das Crianças: Criança tem que brincar

Olá Mamães,

Dia das crianças chegando e já planejaram como passarão o dia com elas? Por aqui temos sim programação, afinal, criança tem que brincar, não é mesmo?

Fazemos tantas programações para nós “adultos”, que quando chega o dia deles, pensamos sempre em comprar presentes e não damos a importância para a melhor parte, que é a diversão, dedicar um pouco do nosso tempo para eles e diminuir (porque acabar é impossível) com o consumismo excessivo.

dia-das-criancas3

Nesse ano, deixaremos um pouco o consumismo de lado e colocaremos a mão na massa, ou melhor, iremos dedicar nosso dia para a Sophia e vocês também podem se programar para fazer o mesmo. Vou contar um pouco como nos programamos.

Por aqui, nós mamães da sala da Sophia decidimos fazer uma festa de Dia das Crianças para a turminha dela do colégio. Pra isso, reservamos um salão de festas de um dos coleguinhas, contratamos um serviço de recreação por 4 horas, que terá até caça ao tesouro e tudo mais e cada mãe se programou para levar um prato de doce/salgado + bebidas.

Será uma festa super bacana, porque o legal mesmo é estar com os amigos, sem contar da interação dos pais que ajuda muito nessa hora.

Sempre falo que não precisa acabar tudo em “comprar brinquedo” e que a diversão está nas pequenas coisas.

Que tal também se programar para fazer um Dia das Crianças especial e diferente? Tenho certeza que seus pequenos irão adorar.

Beijinhos,
Kah



4
fev/2016
Primeiro dia de aula da Sophia no Infantil 2

Terça-feira foi o primeiro dia de aula da Sophia no Infantil 2 e confesso que estava bem apreensiva com esse retorno, pois no final do ano passado, até comentei com vocês por aqui, que a Sophia estava bem resistente a ir para o colégio, após alteração da sua rotina.

Sei que a rotina dela mudou muito com o retorno do pai ao mundo corporativo e devido alteração da nossa ajudante em casa, que agora fica todos os dias com ela, então por ser novidade, ela estava querendo ficar mais em casa. Fui até a escola, conversei com a coordenadora e com a prô e nada tinha mudado internamente.

Fiquei mais tranquila, ainda mais porque as férias começou logo em seguida e Sophia pode curtir toda essa novidade no tempinho dela. Toda mudança de rotina é difícil, ainda mais para uma criança de 3 anos e fiquei bem esperta sobre isso.

primeiro dia de aula

A preparação do retorno as aulas ocorreu há umas 2 semanas atrás e me ajudou muito o fato de eu estar em férias e trazer a Sophia junto nos preparativos durante esse período.

  • Conversei muito sobre o retorno as aulas e os colegas de escola
  • Fui com ela escolher novo uniforme
  • Deixei ela escolher um tênis novo para usar no colégio
  • No dia, nos arrumamos juntas para o colégio com muita animação
  • Brincamos durante a preparação do material escolar no dia anterior
  • Achei melhor já colocar ela direto na Van e não fui junto ao colégio (deu super certo)
  • Fiz um combinado no retorno do colégio que eu estaria aguardando e cumpri

Sempre falei aqui o quanto é importante cumprir os combinados, então, falou que irá esperar, você tem que cumprir, senão perde esse vínculo de confiança.

Enfim, posso dizer que foi super positivo seu retorno às aulas, estou ainda trabalhando diariamente à ida dela ao colégio, conversando muito sobre o que fez na escola e o quanto foi legal. Vou contanto aqui para vocês como será a evolução da Sophia, mas estou super feliz. Ser mãe não é fácil, não é mesmo?

E por aí, como foi o retorno ao colégio? fácil? complicado? conte pra gente.

Beijinhos,
Kah

 



13
jan/2016
7 dicas para economizar dinheiro na compra do material escolar

Que a crise chegou e reinou aqui em nosso país, todos já estão cansados de saber e para ajudar chegou aquela terrível fase de compras de material escolar. Mas nessa semana recebi uma pauta que achei super bacana compartilhar com vocês mamães que fazer malabarismos com a renda mensal da casa e resolvi compartilhar em 7 dicas para economizar dinheiro na compra do material escolar.

As dicas abaixo, são da educadora financeira, Nathalia Arcuri, que sugere uma boa pesquisa antes de sair de casa, além de aproveitar alguns objetos do ano anterior

Nathália Arcuri

 1 – Chame a criançada para uma conversa franca

Tratar o assunto com verdade e franqueza é a melhor maneira de conquistar o apoio das crianças. “Avise que este ano os cadernos, fichários e outros itens da lista de material serão mais simples num primeiro momento, mas que o desafio da família será dar uma cara nova àqueles objetos através da customização”, ressalta a educadora.

 2 – Faça a própria lista

Aproveite o que não foi usado no ano passado e reaproveite o que ainda pode ter longa vida. Réguas, estojos, dicionários, pastas e outras ferramentas de Só depois faça a lista com os itens necessários.

 3 – Compare preços

“Usar a internet para buscar os preços mais baratos e fazer uma pesquisa de campo nas lojas do bairro para saber a média de preços da região é economizar!”, lembra Nathalia Arcuri. Pesquise os itens mais caros mas não despreze a diferença de valores entre os itens mais baratos da lista, como lápis e borracha, por exemplo. Dependendo da papelaria a diferença de preço em apenas um item pode chegar a duzentos porcento.

 4 – Compre em grandes quantidades

Atacadistas costumam ter os melhores preços, desde que se compre em grandes quantidades. Neste sentido a frase “a união faz a força” se mostra um lema a ser levado a sério. Ligue para os amigos, pais dos colegas, pergunte no escritório e reúna o maior numero de pessoas para comprarem os itens da lista no atacado.

 5 – Busque livros didáticos em sebos virtuais.

Os livros didáticos podem pesar bastante no orçamento e a busca em sebos virtuais como o estantevirtual.com.br pode reservar gratas surpresas. É possível encontrar livros novos por menos da metade do preço e seminovos por menos de R$5,00.

 6 – Deixe as crianças em casa e fuja dos licenciados

O caderno do desenho animado preferido estará bem alí na entrada da loja ou quem sabe organizado em um belo display ao lado de canetas, lápis e bloco de anotações do mesmo personagem. Objetos licenciados têm o valor do personagem embutido no preço e por isso custam muito mais caro. “Para evitar ceder aos pedidos das crianças e conflitos desnecessários na hora da compra, deixe os pequenos em casa”, reforça Nathalia Arcuri.

 7 – Ponha a mão na massa

Comprou o caderno basico na promoção? Que tal customizar a capa com recortes e colagens dos personagens prediletos do seu filho?  A internet está repleta de tutoriais que ensinam a transformar peças simples em objetos de desejo da criançada com custo próximo a R$0. 

Beijos,
Kah